Rua Do Engenheiro Ezequiel De Campos

Ezequiel de Campos - Engenheiro civil, político (Beiriz, Póvoa de Varzim n. 12/12/1874 - f. Leça do Bailio, Matosinhos 26/08/1965). Iniciou a sua vida profissional ao serviço das obras Públicas em S. Tomé estudando o Caminho de Ferro da cidade à Vila da Trindade. Depois de proclamada a República em 1910 foi deputado às constituintes em 1912, lugar que abandonou para em 1914 ser nomeado Director das Obras Públicas da Província de S. Tomé. Em 1916 apareceu-nos nos Serviços de Obras Públicas em Évora, tendo o Governo de 1918 incumbido do estudo para o aproveitamento dos rios Douro, Cávado e Tejo. Amigo e votado aos assuntos de S. Tomé, escreveu em 1921 um valioso trabalho que intitulou - A Revalorização da Ilha de S. Tomé. Desde 1922 a 1939 dirige os S.M.G.E. desta cidade onde desenvolve grande actividade. Em 1923 é nomeado Ministro da Agricultura lugar que ocupou durante 2 escassos meses dada a instabilidade política da época. Em 1925 é nomeado professor do Instituto Superior do Comércio, tendo atingido em 1944 o limite de idade como professor de Ciências Económicas - Sociais da Faculdade de Engenharia do Porto. Fez parte do Concelho Superior das Públicas e foi Procurador da Câmara Cooperativa. Em 1954, apareceu-nos ainda chefiando na Junta das Missões Geográficas de S. Tomé com o objectivo de estudar os aspectos da história natural etno-sociológica e económica de S. Tomé e Príncipe. Aos vindouros se apresenta assim como exemplo magnífico pelo trabalho em favor da Nação. ( Arquivo da Toponímia -)