Rua Do Rosário

Tem-se dito e escrito que o nome desta rua se deve ao negociante Domingos do Rosário de Almeida, por este ali ter sido proprietário e morador. Domingos do Rosário do Nascimento e Almeida, tio do divino Almeida Garrett, devia ser muito devoto de Nossa Senhora do Rosário, como prova o nome «de devoção» que acrescentou ao seu. Levou largos anos a abrir e a urbamizar. A planta de Costa Lima (1839) mostra ainda parte dela em projecto, que, aliás, não veio a executar-se do modo indicado. ( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas )