Largo Do Padrão

O padrão das almas, que deu o nome ao largo, era um cruzeiro chamado do Senhor do Amor Divino e Almas, que se erguia, quando foi retirtado em 1869, no príncipio da Rua do Poço das Patas, na estrada de Valongo. A mais antiga referência documental que, até hoje dele tivemos, é de 1741, em documento da Misericórdia... ( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas )