Largo Do Padre Baltazar Guedes

Em 1903, nas ruínas do Seminário de Santo António iniciado em 1804 e que ardeu durante o cerco do Porto, foi instalado o Colégio dos Meninos Orfãos, que o padre Baltazar Guedes fundara em 1651, no Campo do Olival, onde está hoje a Universidade. Com esta transferência ao que se denominava, desde princípios do séc. passado, o Monte do Seminário, passou a apelidar-se avenida e agora Largo do Padre Baltazar Guedes.( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas ) - Baltazar Guedes - Nasceu no Porto em 6 de Fevereiro de 1620 e faleceu no Porto em 6 de Setembro de 1693. Fundador do Colégio dos Meninos Órfãos. Sacerdote desde 1644, aplicou todos os seus bens e esmolas que angariou na fundação, no Porto, do Colégio de Nossa Senhora da Graça, para meninos órfãos, em 21-11-1651. Fundou também, em 1681, um hospício para crianças abandonadas, onde funcionou, até 1864, a roda dos expostos. Graças à sua influência reedificou-se a Igreja de S. Lázaro, com o hospício anexo. Instituiu ainda as confrarias de clérigos de S. Pedro e de S. Filipe de Neri e para seculares a da Nossa Senhora da Boa Morte. ( Arquivo da Toponímia )