Travessa Do Adro Da Foz

A primeira Igreja de S. João da Foz, situava-se dentro do castelo. Em 1640 com as obras a efectuar na fortaleza foi necessário transferi-la para outro lugar. A 13 de Julho desse ano por doação do Bispo de Leça, Frei Luís Àlvares de Távora a Frei André Marques de Almeida, seu secretário, mestre de sala e mordomo, uns «palácios» ou «casas sobradadas, com mais casas térreas e acessórios, com os seus chãos, serventias, entradas e saídas», sitas no lugar de S. João da Foz. Concluída em 1726 ou 1727, com retábulo- mor, sob risco de Miguel Francisco da Silva. Os retabúlos dos altares do Bom Sucesso, do Senhor Jesus, da Senhora do Rosário e de Santa Gertrudes haviam sido feitos entre 1713-15, à custa dos devotos do couto. As imagens de S. João Baptista, S. Bento e Santa Escolástica foram colocadas na frontaria da Igreja em 1880 - 81.( Toponímia Portuense de Eugénio Andrea da Cunha e Freitas )