Travessa Do Carvalhido

Carvalhido em tempos remotos não era mais do que um arrabalde rural. Assim o mostra ainda a planta das linhas do Porto, do coronel Arbués Moreira, de 1833. Efectivamente o Carvalhido era um casal, foreiro à Misericórdia do Porto. No inventário que se fez em 1904, por morte de D. Francisco de Noronha e Meneses da Prelada, foi descrito o casal do Carvalhido, com sua morada de casas sobradas, palheiro, e a rua da Prelada dos Castelos, a rua Nova de Paranhos, sendo avaliada em 9 contos. Esta Rua Nova de Paranhos é actual Rua do Carvalhido. A capela do Carvalhido é mencionada em registo paroquial de Santo Ildefonso, de 1760....( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas )