Praça Da República

No plano de urbanização da cidade concebido por João de Almada e Melo, determinou-se que no cabo da R. do Almada se abrisse um grande praça, para logradouro público. Recebeu o nome de P. de Sto. Ovídio, de uma capela que alí existia desde meados do séc. XVII, à beira da estrada de Braga e era de invocação de S. Bento e Sto. Ovídio... ( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas )