Rua Da Restauração

Rua da Restauração - Por iniciativa da Misericórdia do Porto, principiou em 1816, segundo projecto aprovado pela Junta das Obras Públicas em 13 de Outubro de 1815, a abertura pelo meio do Campo de Agra, de uma nova rua que, cortando a Quinta da Bandeirinha, iria ligar a Alameda de Massarelos com a Rua do Rosário. Levou largos anos abrir. Em 1825 ainda não tinha nome, e a Misericórdia subemprazava chãos para construír. Em 1939, conforme se vê na Planta de Costa Lima, ainda não rompera a grande pedreira da Torre da Marca, em direcção ao rio mas, cinco anos depois, em 1844, uma outra planta da cidade, lavantada por Perry Vidal, já a mostra terminada em toda a sua extensão e ligada ao Passeio de Massarelos. Cremos que esta «Restauração» se refere ao restabelecimento do Governo Constitucional, e não à data da Independência, em 1640. ( Toponímia Portuense de Andrea da Cunha e Freitas )