Rua De Miragaia

Esta zona é das mais interessantes do Porto, persistindo muito do dédalo urbano primitivo, onde se podem ver casas com vestígios dos séculos XV e XVI e muitas outras dos séculos XVII e XVIII. Dessas ruas, citemos três das mais curiosas: Viela da Baleia, nome que recorda a mandíbula de uma baleia que aí existira; Rua Ancira (mesmo em frente da igreja), topónimo ligado a Ancara ou Angorá (recorde-se a existência de Arménios, vindos da Ásia Menor); Rua de Atafona (do árabe Tamane moer ou do hebraico Tahane mó) que lembra o moinho de moer grão em seco. A ligação da freguesia às actividades associadas à vida do mar (construção naval, pesca, etc.) manifestava-se num pormenor interessante: durante a realização da procissão de Corpus Christi, o cortejo tinha aqui uma das paragens obrigatórias sendo o Santíssimo posto à veneração dos crentes sob uma vela armada em forma de toldo. Recorde-se ainda o grande apego que o povo de Miragaia tinha pela imagem de Cristo Crucificado que se encontra no retábulo-mor da igreja e que, em ocasiões de catástrofe, saía em procissão até ao desaparecido Mosteiro de S. Bento de Ave Maria. ( Porto Turismo - Património Mundial )