Rua De Santa Luzia

Espiritualidade: A jovem Luzia viveu no século IV, época em que os filhos tinham que aceitar, sem contestação, as ordens dos pais. Vinha de uma família rica e houvera sido prometida a um rapaz por sua mãe. Luzia disse que não queria se casar, pois há muito tempo consagrara-se de corpo e alma a Cristo. Mas o fato é que sua mãe ficou gravemente doente e Luzia orou à santa Águeda pedindo por sua recuperação, inclusive levando-a em peregrinação até a tumba da santa. A mãe retornou completamente curada e compreendeu a filha Luzia em sua sublime vocação. Luzia então deu todo seu dote aos pobres. Seu ex-noivo, porém, não gostou de tal decisão e, por orgulho ferido, denunciou-a aos perseguidores dos cristãos. Pascácio, o procônsul, decretou sua prisão, e sabendo de seus ideais de virgindade, iria mandá-la a um prostíbulo! Mas um milagre ocorreu: seu corpo ficou tão pesado que não houve guardas que conseguissem tirá-la dali. Então sofreu inúmeras torturas, até que um golpe de espada a degolou. Enquanto isso, conta a história que santa Luzia ainda exortava às pessoas na fé em Jesus Cristo. Devido a seu nome, (Luzia) que significa luz, santa Luzia é considerada como protetora daqueles que têm problemas em enxergar tanto fisicamente quanto espiritualmente.( - www.gazetadooeste.com.br/santa_05.htm - Arquivo da Toponímia)